Programa

Valor Desde 1,039.00 €
Partidas à Quarta-Feira
Voos de Lisboa, Humberto Delgado (LIS) para Delhi, Indira Gandhi Int. (DEL) ou de Porto, Francisco Sá Carneiro (OPO) para Delhi, Indira Gandhi Int. (DEL)
Período de Reserva 08/10/2019 - 23/03/2021
Período de Estadia 06/11/2019 - 31/03/2021

1º Dia - Lisboa / Munique / Deli (-/-/-)
Comparência no aeroporto 3 horas antes da hora da partida para formalidades de embarque. Partida no horário e companhia aérea indicados com destino a Deli. Chegada, assistência e transporte para o hotel. Alojamento. Deli, a capital e terceira maior cidade da Índia, oferece a quem a visita uma imagem rica em cultura, arquitetura e uma grande diversidade humana. A sua história, monumentos, museus, galerias de arte, jardins e espetáculos exóticos fazem de Deli um destino privilegiado.

2º Dia - Deli (Pequeno-almoço/Almoço/Jantar)
Pequeno-almoço no hotel. Saída para visita da cidade, uma combinação de Deli antiga e moderna, com destaque especial para o Forte Vermelho (exterior), mandado construir pelo Imperador Shah Jahan, em meados do século XVII, em pleno apogeu da Dinastia Mughal. Visita de alguns dos pontos de maior interesse de Deli com destaque para Jama Masjid - a maior mesquita da Índia e um eloquente exemplo do fervor religioso Dinastia Mughal e Raj Ghat - local da cremação de Mahatma Gandhi. Desfrute de um passeio de rickshaw em Chandni Chowk para visita dos mercados e bazares típicos locais. Almoço em restaurante local. Pela tarde, visita da Nova Deli, com destaque para a célebre Torre Qutub Minar, passeio pela zona de edifícios governamentais, Porta da Índia, Palácio Presidencial e Parlamento e visita do templo Sikh Guruduwara Bangla Sahib. Regresso ao hotel. Jantar e alojamento.

3º Dia - Deli / Samode / Jaipur (Pequeno-almoço/Almoço/Jantar)
Após o pequeno-almoço e em hora a combinar localmente, saída em direcção a Jaipur e, pelo caminho, almoço no Palácio de Samode. Chegada a Jaipur e check-in no hotel. A cidade, fundada em 1728 por Sawai Jai Singh um visionário do seu tempo, é também conhecida pelo nome de cidade rosa, devido à cor dos materiais empregues na construção dos seus principais monumentos, é a capital do Rajastão. Pela tarde, desfrute de uma visita panorâmica aos pontos de maior interesse turístico e, por fim, assista a uma cerimónia Aarti no templo de Birla. Regresso ao hotel. Jantar e alojamento.

4º Dia - Jaipur (Pequeno-almoço/Almoço/Jantar)
Pequeno-almoço no hotel e saída para visita ao célebre Forte Amber, um palácio romântico e clássico do Rajastão, da dinastia de Kachawaha que governou esta região do séc. VIII até ao séc. XII (a subida ao forte será efectuada de elefante ou de jipe caso não haja elefantes disponíveis). Almoço em restaurante local. Durante a tarde, continuação da visita da cidade, com destaque para Haw Mahal, conhecido como o Palácio dos Ventos, construído para que as mulheres da realeza pudessem assistir às procissões sem serem vistas. Fim da visita no Observatório Astronómico. Regresso ao hotel. Jantar e alojamento.

5º Dia - Jaipur / Abhaneri / Fatehpur-Sikri / Agra (Pequeno-almoço/Almoço/Jantar)
Após o pequeno-almoço, saída em direcção a Agra visitando pelo caminho Abhaneri e Fatehpur-Sikri. Abhaneri, é uma pequena localidade famosa pelo poço de Chand Baori, com 20 metros de profundidade e 13 níveis, que tinham de se descer para se poder alcançar a água. Está entre os maiores do mundo. Fatehpur Sikri, hoje em dia uma cidade "fantasma", desabitada devido a falta de água, é um autêntico museu em pedra do que foi a Capital Imperial no tempo do Imperador Akbar. Almoço em restaurante local e continuação da viagem para Agra, capital de vários impérios, situada nas margens do rio sagrado Yamuna. Agra foi completamente destruída em 1311 pelo invasor Mahmud Ghanzi e reconstruída no século XV por Sikander Lodi, que a tornou sede do seu governo. Foi, ainda, a Capital do Império Indiano durante a Dinastia Moghul, nos séculos XVI e XVII, que dotou a cidade de belos monumentos. Chegada, check-in no hotel, jantar e alojamento.

6º e 7º Dia - Agra / Deli / Munique / Lisboa (Pequeno-almoço/Almoço/Jantar)
Pequeno-almoço no hotel. Pela manhã, visita ao célebre Tal Mahal. De uma beleza incomparável e considerado uma das maravilhas artísticas do mundo, é o símbolo de amor do imperador mongol Shahjahan pela sua esposa a Imperatriz Mumtaz Mahal. Visita ainda ao impressionante Forte de Agra e almoço cedo em restaurante local. Regresso a Deli e jantar em restaurante local ou hotel perto do aeroporto. Transporte para o terminal internacional do aeroporto. Formalidades de embarque e partida conforme horário e companhia aérea indicados com destino a Lisboa, via Munique. Refeição e noite a bordo. Chegada a Lisboa e fim dos nossos serviços.

Faça a sua escolha

Ficha informativa

DOCUMENTAÇÃO OBRIGATÓRIA:
Passaporte Válido.
Visto Obrigatório

AVISO: 

A) As taxas de aeroporto e de combustível estão sujeitas a alterações até à data da partida.
B) Os quartos indicados como triplos são duplos com cama extra.
C) A hora de saída dos quartos no último dia terá que ser efetuada até às 12 horas.
D) O envio de documentações poderá estar sujeito à regulação prévia de saldos ou débitos existentes.
E) A inserção dos dados de passaporte é da responsabilidade da agência de viagens, declinando a Solférias qualquer responsabilidade pelos dados inseridos.

Consulte e/ou imprima:
Ficha Informativa Normalizada
* Condições de Contrato de Transporte Aéreo e outros avisos importantes

Sobre o destino

  A Índia conserva, até aos dias de hoje, vestígios da presença portuguesa por lá, sendo Goa o local onde essa presença é mais forte. Pensar na Índia é pensar em cores alegres, temperos, sabores, tradição, cultura e espiritualidade.

    A sua capital, Deli, é um moderno centro cultural e político, com um riquíssimo património cultural e onde é possível apreciar centenas de monumentos. Na visita à cidade, não pode deixar de conhecer o Forte Vermelho, mandado construir pelo Imperador Shah Jahan. Recomenda-se ainda a visita a Jama Masjid, a maior mesquita da Índia e a segunda maior do mundo, e local da cremação de Mahatma Gandhi, e o imponente complexo de edifícios muçulmanos dos finais do século XII, em que predomina o célebre Minarete Qutub Minar, construído em 1199. O Mausoléu do Imperador Humayun, Porta da Índia, o Palácio Presidencial, os edifícios do Parlamento e Connaught Place, bem como a zona comercial de Deli, são outros locais a não perder.
    Recomendamos ainda Jaipur, conhecida por cidade rosa, devido à cor dos materiais utilizados na construção dos seus principais monumentos. Esta cidade foi fundada, em 1728, pelo Marajá Sawai Jai Singh e é a capital do Rajastão. Aqui irá encontrar o Palácio da Cidade, o Observatório, o Palácio dos Ventos.
    Não deixe de assistir à cerimónia Aarti, no templo de Birla. Destaque ainda para o Forte Amber, um palácio romântico do Rajastão, da dinastia de Kachawaha, para Hawa Mahal, Palácio dos Ventos, e para o Observatório Astronómico.
 Em Fatehpur Sikri, hoje uma cidade desabitada devido à falta de água, pode descobrir um autêntico museu em pedra. Destaca-se Jama Masjid, uma cópia da mesquita de Meca, o túmulo de Salim Chishti, Panch Mahal e outros palácios.
    Agra, capital de vários impérios, fica situada nas margens do rio sagrado Yamuna. Foi completamente destruída em 1311 pelo invasor Mahmud Ghanzi e reconstruída no século XV por Sikander Lodi, que a tornou sede do seu governo. Foi, ainda, a Capital do Império Indiano durante a Dinastia Mogol, que dotou a cidade de belos monumentos.
    Existe tanto para descobrir na Índia que uma só viagem vai saber a pouco. Contudo, não pode voltar a casa sem estar ao pé do célebre Taj Mahal, uma das maravilhas artísticas do mundo, símbolo de amor do imperador mogol Shahjahan para servir de mausoléu à sua muito amada esposa, a Imperatriz Mumtaz Mahal, que fatalmente morreu durante um dos seus combates.


Ficha informativa

DOCUMENTAÇÃO OBRIGATÓRIA:
Bali: Passaporte válido e visto. O visto terá que ser obtido na Embaixada da Indonésia em Lisboa ou diretamente à chegada ao Aeroporto Internacional de Bali. Escalas com mais de 6 Horas em Doha, obrigam a visto tratado localmente.
Dubai: Passaporte Válido
ÍndiaPassaporte Válido
Sri Lanka: Passaporte válido. Visto (obtenção à chegada)
Tailândia: Passaporte com validade mínima até à data de regresso. Escalas com mais de 6 Horas em Doha, obrigam a visto tratado localmente.
Myanmar: Visto obrigatório (tratado online em https://evisa.moip.gov.mm/), passaporte com validade mínima de 6 meses, fotografia recente a cores (menos de 3 meses) e o pagamento online tem de ser feito através de cartão de crédito. Normalmente o visto fica pronto em 3 dias úteis, é recebido por email e deverá ser impresso e, após a sua emissão, tem uma validade de 90 dias.

AVISO: 

A) As taxas de aeroporto e de combustível estão sujeitas a alterações até à data da partida.
B) Os quartos indicados como triplos são duplos com cama extra.
C) A hora de saída dos quartos no último dia terá que ser efetuada até às 12 horas.
D) Em Bali existe uma taxa turística a ser paga localmente pelo cliente à saída do País: para voos internacionais 7?  (valor indicativo). Aproximadamente 1,5? para voos internos (pagamento no aeroporto)
E) No Sri Lanka existe uma taxa turística a ser paga localmente pelo cliente à saída do País: 7?(valor indicativo).
F) Na Tailândia existe uma taxa turística a ser paga localmente pelo cliente à saída do País: 10? (valor indicativo)
G) O envio de documentações poderá estar sujeito à regulação prévia de saldos ou débitos existentes.
H) A inserção dos dados de passaporte é da responsabilidade da agência de viagens, declinando a Solférias qualquer responsabilidade pelos dados inseridos.

Consulte e/ou imprima:
Ficha Informativa Normalizada
* Condições de Contrato de Transporte Aéreo e outros avisos importantes

Razões para fazer a mala

1. Ayubowan: "Vida longa e Feliz" - É com este cumprimento e com um enorme sorriso que somos recebidos em qualquer canto. O Sri Lanka é a ilha do chá, a pérola do Indico. Dos templos coloridos, às paisagens surpreendentes, passando pelas praias extensas enfeitadas com palmeiras. Uma ilha de grande diversidade e riqueza. Um verdadeiro paraíso terrestre a descobrir.

2. Vida cosmopolita: Para quem aprecia o luxo e o requinte de ambientes cosmopolitas, o Dubai é um destino à medida: vibrante, dinâmico, único, moderno, o destino do seculo XXI. Se pensa que já viu tudo, pense melhor: As praias de águas tépidas, o maior centro comercial do mundo, o imponente deserto, a surpreendente pista de ski, o rico mercado do ouro, o imperdível Museu do Dubai, atravessar o Creek, subir ao Burj Khalifa no elevador mais rápido do mundo para apreciar a vista de cortar a respiração, tudo isto e muito mais.

3. Mais do que descanso: Espiritualidade, sofisticação, magia e misticismo estão associadas às ilhas do arquipélago da Indonésia e à bela ilha de Bali. Quem chega descobre rapidamente que este não é apenas mais um destino exótico, mas um local ideal para recuperar forças.

4. Fantasia: A simpatia com que somos recebidos na Tailândia faz-nos sentir em casa. Seja a primeira visita ou a décima, o sentimento mantém-se inalterável. Os sabores, os cheiros, os templos, a história, as praias de areia branca, a agitação dos centros urbanos, ou o recato dos recantos ainda pouco conhecidos, a Tailândia tem sempre algo novo, diferente e surpreendente a oferecer a cada um, em cada nova visita. Atreva-se.

A não perder

Bali: Os belos e calmos campos de chá e de arroz. Descubra Dempassar, a movimentada capital da província de Bali, e o Templo de Tanah Lot, localizado à beira-mar. Visite o Parque de Elefantes, no interior da ilha, e as belas praias, com destaque para a Praia na Baía de Jimbaran, onde se realizam cerimónias de casamento ou se desfrutam de luas de mel. Se visitar a Ilha de Ubud, pode descobrir belas plantações de arroz, na Ilha de Lombok, plantações de chá. Recomenda-se ainda a descoberta da Ilha de Lembongan, ainda pouco explorada, mas encantadora pela sua beleza natural.

Dubai: Um passeio para admirar o luxo desta cidade verdadeiramente cosmopolita. Não pode deixar de visitar o Burj Khalifa, o edifício mais alto do mundo, de apreciar o Burj Al Arab, um hotel de sete estrelas, de se deslumbrar no Dubai Mall, o maior centro comercial do mundo, de fazer um passeio de jipe pelas dunas e de se divertir na pista de ski no Mall of the Emirates.

Índia: Não pode perder a movimentada Deli, cidade antiga e cheia de contrates, onde velhas tradições coabitam com a mais moderna tecnologia. Para quem gosta de compras, sugerimos Rajastão, onde se pode deliciar com os mercados e com o colorido das ruas. Ver de perto o Taj Mahal, edifício que representa o amor, é magnífico, mas assistir ao nascer do sol ali é de tirar o fôlego. Referindo paisagens deslumbrantes, a visita não está completa sem assistir ao nascer do sol nas margens do rio Ganges, em Varanasi, e sem conhecer as praias de Goa.

Malásia: Vale a pena acampar uma noite na floresta e conhecer as plantações de chá nas Terras Altas. Em George Town irá descobrir a combinação perfeita entre cultura e arquitetura, ao descobrir templos chineses, mesquitas e arranha-céus que se mesclam dando origem a uma cidade deslumbrante e um pouco misteriosa. Nas Terras Altas de Cameron, o ar, fresco, é perfumado pelas plantações de chá e pelas quintas de produção de morangos. O centro histórico de Malaca é Património Mundial da Unesco, sendo um lugar onde se pode descobrir inúmeras influências portuguesas, holandesas e britânicas.

Ras Al Khaimah: Visita às Tumbas de Fashghah, à vila de Ghalilah e à ilha de Hulaylah.

Senegal: Não pode deixar de conhecer o Lago Rosa, mas existe muito mais para descobrir: a capital Dacar, a ilha de Gorée, localizada a dois quilómetros ao largo de Dacar, o delta do rio Saloum, e o Parque Nacional de Niokolo-Koba, ambos considerados Património da Humanidade, pela Unesco, e St. Lois, no extremo norte do país, com um centro histórico, igualmente distinguido pela Unesco.

Sri Lanka: Este é mais um local onde ainda se sente uma forte ligação com Portugal, pelo que é indispensável conhecer Galle, cidade fortificada no Sul, por onde passaram os portugueses. Ainda, a não perder: Anuradhapura, a cidade histórica, o Pico de Adão, o Templo de Dambulla e a cidade sagrada de Kandy, onde se encontra o Templo do Dente de Buda. Finalmente, os 15 parques naturais do país.

Tailândia: Deve começar pela capital, Banguecoque, cidade espetacular, repleta de grandes templos e monumentos, mas também plena de cor, sons, sabores e movimento. Descubra Maya Baya, a mais famosa praia da Tailândia e Khao Phing Kam, também conhecida como a ilha de James Bond, devido ao filme que lá foi rodado. Visite também as Ilhas Phi Phi e Phuket, onde não faltam praias e muita animação.

Vietname: A capital Hanói. Não pode deixar de visitar a impressionante baía de Halong, com as suas 1600 ilhas e uma paisagem de extraordinária beleza, a cidade de Hoi An, acolhedora e tradicional, o mausoléu de Ho Chi Minh, popular líder do Vietname e os túneis de Cu Chi vietcongues. Este local histórico é constituído por mais de 120km de túneis subterrâneos, com áreas tão distintas como cozinhas, armazenamento de armas, hospitais e centros de comando. Por fim, os inesquecíveis Monumentos de Hué, que são Património Mundial da Unesco.

Sobre a região

  Num mundo cheio de locais que valem a pena serem visitados, é certo que a dificuldade está na escolha do destini; mas esse é um falso problema, porque o mais importante é viajar e todos os locais têm o seu encanto natural, próprio,único.

    Seja a intocável Tailândia que ao longo de séculos tem preservado a sua essência, sejam os impressionantes socalcos de plantações de arroz do Bali, seja ao Sri Lanka, verdadeiro paraíso terrestre, ou o futurista Dubai, feito de contrastes, este é um conjunto de locais de sonho que não podemos deixar de visitar, pelo menos uma vez na vida.
Por isso, é sempre tempo para fazer as malas e partir...

Condições de Reserva

1. Consulte as "Condições Gerais de Venda" constantes nas brochuras ou em www.solferias.pt 2. DESPESAS DE CANCELAMENTO/ALTERAÇÃO 2.1 Todas as reservas efetuadas e confirmadas onde se verifique alteração ou anulação do contrato de viagem, estão sujeitas a taxas de rescisão, de acordo com os termos constantes nas nossas "Condições Gerais de Venda" -https://www.solferias.pt/#content/condicoesreserva 2.2 Em adição aos gastos irrecuperáveis apurados aquando da solicitação do cancelamento ou na ausência dos mesmos, serão cobradas as seguintes despesas de cancelamento: - Cancelamentos efetuados a menos de 72h da presente confirmação: 20€ (se data de viagem entre 30 e 0 dias) ou 0€ (se data de viagem for a 31 ou mais dias). - Cancelamentos efetuados após 72h da presente confirmação: 20€. Nota: todos os cancelamentos de reserva fora do horário de expediente da Solférias, têm de ser obrigatoriamente reportados para os contatos da permanência (24horas@solferias.com), não podendo a Solférias ser responsabilizada por despesas inerentes ao não cumprimentos estipulado de prazos. 2.3 Todos os restantes serviços confirmados na presente reserva estão sujeitos a todos os encargos a que o início do cumprimento do contrato e a sua desistência derem lugar. a. Todos os pacotes turísticos que disponham de seguro, porque o mesmo fica ativo e passível de ser usufruído logo após a confirmação de reserva, o cancelamento total ou parcial da reserva, leva a despesas de cancelamento imediatas do seguro. 2.4 No que respeita à parte aérea, e após a vossa autorização para emissão dos bilhetes, serão aplicadas as condições de cancelamento de acordo com a regra tarifária. Em caso de dúvidas não deixe de nos contactar. 2.5 A Solférias não assume qualquer responsabilidade por não conformidades resultantes de nomes indevidamente informados. 2.6.Os nomes dos passageiros deverão estar de acordo com o documento de identificação de viagem. 3. Dados de Passaporte: Os dados de passaporte recolhidos são, única e exclusivamente, para cumprimento da Norma Europeia "PNR Directive", em que passou a ser requisito obrigatório a inserção dos dados de passageiros nas reservas de todos os passageiros que viajem para Portugal, provenientes de países não-Schengen ou que transitem em Portugal vindos desses países. Este requisito é obrigatório também para todos os passageiros (incluindo portugueses) que, tendo iniciado a viagem em Portugal, estejam de regresso, provenientes de um país não-Schengen. Todos os dados recolhidos, serão tratados de acordo com o Regime Geral da Proteção de Dados. 4. É obrigatório o preenchimento dos dados de passaporte dos passageiros para todas as reservas online até 5 dias úteis (quinto dia não incluído) antes da partida. Mais informamos que também poderão enviar os dados de passaporte para a Solférias, por email, contudo, o preenchimento dos dados de passaporte pelos nossos serviços, terá uma taxa de 15,00 EUR por reserva; 5. Documentação necessária: - Passaporte: Os passaportes deverão ter validade superior ao somatório de 6 meses, acrescidos do tempo de viagem, pois dela depende a concessão de autorização de permanência no país nos aeroportos de chegada ou de trânsito. - Visto: Para entrada na Índia é necessário visto que deve ser obtido antes da partida. Os cidadãos que reúnam as condições para obtenção de visto turístico poderão solicitá-lo online com uma antecedência mínima de 4 dias sobre a data da chegada à India. O visto é válido por 30 dias, podendo ser requerido 2 vezes em cada ano. Para mais informações consultar https://indianvisaonline.gov.in/visa/tvoa.html . 6. Ficha Informativa Normalizada: A combinação de serviços de viagem que lhe é proposta constitui uma viagem organizada na aceção da legislação em vigor do Decreto-Lei nº 17/2018 de 8 de março. Por conseguinte, beneficiará de todos os direitos da União Europeia aplicáveis às viagens organizadas. A Soliférias - Operadores Turísticos, S.A e a agência de viagens que efetuou a venda ao cliente serão plenamente responsáveis pela correta execução da globalidade da viagem organizada. Além disso, conforme exigido por lei, a Soliférias - Operadores Turísticos, S.A, e a agência de viagens que efetuou a venda ao cliente têm uma proteção para reembolsar os pagamentos que tenha efetuado e, se o transporte estiver incluído na viagem organizada, assegurar o seu repatriamento caso seja(m) declarada(s) insolvente(s). Mais informações sobre os principais direitos ao abrigo do Decreto-Lei nº 17/2018 de 08 de março, devem ser consultadas em www.solferias.pt. 7. Este programa, dispõem de um seguro contratado, não reembolsável, e que passará a ficar ativo, logo após a realização da reserva. As coberturas, em formato PDF, poderão ser consultadas em: http://www.solferias.pt/#content/seguros Deverá informar de imediato os passageiros desta reserva, das condições especiais do seguro contratado e que em caso de cancelamento (total ou parcial) da reserva, que o seguro será cobrado. 8. A pandemia originada pela Covid-19, determinou a adoção, por inúmeros Governos, de medidas de prevenção, combate e contenção da doença, que incluíram fortes restrições na circulação de cidadãos em todo o Mundo, que podem manter a interdição de entrada de cidadãos não nacionais ou não residentes, exigir certificado médico, declarações para deslocação ou quarentena obrigatória para cidadãos provenientes do estrangeiro, etc. As medidas de contenção e controle da doença continuarão a ocorrer, e cada País irá retomando sua atividade económica e social à medida que os seus sistemas de saúde e as sociedades em geral se adaptam a uma nova realidade, reduzindo os efeitos nocivos da COVID-19. É portanto muito importante para que a viagem decorra da forma prevista, que esteja o mais informado possível sob as medidas necessárias para a saída e entrada em Portugal e os países que vai visitar. O despacho 7595-A/2020 (https://dre.pt/application/file/a/139211040), que entrou em vigor ás 00H00 de 01 agosto 2020, alterou o regime de entrada e saída de cidadãos Portugueses que se ausentem para um país não pertencente à zona Schengen e o façam de avião. A partir de 01 agosto 2020, todos os passageiros de regresso a Portugal, só poderão embarcar no destino se tiverem teste Covid (RT-PCR) de rastreio da infeção por SARS-CoV-2 com resultado negativo e realizado nas 72 horas anteriores ao embarque. Ficam isentos de efetuar o referido teste: -os passageiros que apenas façam transito em Portugal (e não tenham de abandonar o Aeroporto) -os passageiros que regressem de um país pertencente ao Espaço Schengen, Comunidade Europeia ou Reino Unido - os passageiros que regressem de países cuja situação epidemiológica esteja de acordo com a recomendação EU 2020/912 e que são: Austrália, Canadá, China, Coreia do Sul, Geórgia, Japão, Marrocos, Nova Zelândia, Ruanda, Tailândia, Tunísia e Uruguai (a lista de países será periodicamente atualizada pelo Governo Português, pelo que deverá reconfirmar a mesma, antes do início da viagem) Cidadãos nacionais, cidadãos estrangeiros residentes legalmente em território nacional e seus familiares ou pessoal diplomático, que não tenham comprovativo de realização de teste SARS-CoV-2 com resultado negativo, à chegada ao território nacional, serão encaminhados para a realização do referido teste, ás suas custas. Os cidadãos que recusem a realização do teste à chegada, serão notificados pelo serviço de Estrangeiros e Fronteiras para a sua realização no prazo de 48 horas e podem incorrer em crime. Adicionalmente, informamos que todos os passageiros que entrem em território nacional através dos aeroportos de Lisboa, Porto, Faro ou Beja são sujeitos a controlo de temperatura por infravermelhos. Caso se justifique, os passageiros serão sujeitos a teste de diagnóstico RT-PCR à COVID-19, conforme previsto no Despacho nº 6948- A/20209 de 6 de julho (https://dre.pt/application/file/a/137248605), devendo permanecer confinados nas suas residências até receberem o resultado negativo; Todas as questões decorrentes, devem ser esclarecidas/analisadas com as autoridades competentes. 9. Publicação das condições acima expostas a 05/08/2020 (17h40). ---------------------------------------------------------------------------------------------------------- ITINERÁRIO (c/ guia em espanhol): 1º Dia - Lisboa ou Porto / (Cidade(s) de escala(s)) / Deli Comparência no aeroporto 3 horas antes da hora da partida para formalidades de embarque. Partida no horário e companhia aérea indicados com destino a Deli. Chegada, assistência e transporte para o hotel. Alojamento. 2º Dia - Deli Pequeno-almoço no hotel. Saída para visita da cidade, uma combinação de Deli antiga e moderna, com destaque especial para o Forte Vermelho (exterior), mandado construir pelo Imperador Shah Jahan, em meados do século XVII, em pleno apogeu da Dinastia Mughal. Visita de alguns dos pontos de maior interesse de Deli com destaque para Jama Masjid - a maior mesquita da Índia e um eloquente exemplo do fervor religioso Dinastia Mughal e Raj Ghat - local da cremação de Mahatma Gandhi. Desfrute de um passeio de rickshaw em Chandni Chowk para visita dos mercados e bazares típicos locais. Almoço em restaurante local. Pela tarde, visita da Nova Deli, com destaque para a célebre Torre Qutub Minar, passeio pela zona de edifícios governamentais, Porta da Índia, Palácio Presidencial e Parlamento e visita do templo Sikh Guruduwara Bangla Sahib. Regresso ao hotel. Jantar e alojamento. 3º Dia - Deli / Samode / Jaipur Após o pequeno-almoço e em hora a combinar localmente, saída em direcção a Jaipur e, pelo caminho, almoço no Palácio de Samode. Chegada a Jaipur e check-in no hotel. A cidade, fundada em 1728 por Sawai Jai Singh um visionário do seu tempo, é também conhecida pelo nome de cidade rosa, devido à cor dos materiais empregues na construção dos seus principais monumentos, é a capital do Rajastão. Pela tarde, desfrute de uma visita panorâmica aos pontos de maior interesse turístico e, por fim, assista a uma cerimónia Aarti no templo de Birla. Regresso ao hotel. Jantar e alojamento. 4º Dia - Jaipur Pequeno-almoço no hotel e saída para visita ao célebre Forte Amber, um palácio romântico e clássico do Rajastão, da dinastia de Kachawaha que governou esta região do séc. VIII até ao séc. XII (a subida ao forte será efectuada de elefante ou de jipe caso não haja elefantes disponíveis). Almoço em restaurante local. Durante a tarde, continuação da visita da cidade, com destaque para Haw Mahal, conhecido como o Palácio dos Ventos, construído para que as mulheres da realeza pudessem assistir às procissões sem serem vistas. Fim da visita no Observatório Astronómico. Regresso ao hotel. Jantar e alojamento. 5º Dia - Jaipur / Abhaneri / Fatehpur-Sikri / Agra Após o pequeno-almoço, saída em direcção a Agra visitando pelo caminho Abhaneri e Fatehpur-Sikri. Abhaneri, é uma pequena localidade famosa pelo poço de Chand Baori, com 20 metros de profundidade e 13 níveis, que tinham de se descer para se poder alcançar a água. Está entre os maiores do mundo. Fatehpur Sikri, hoje em dia uma cidade "fantasma", desabitada devido a falta de água, é um autêntico museu em pedra do que foi a Capital Imperial no tempo do Imperador Akbar. Almoço em restaurante local e continuação da viagem para Agra, capital de vários impérios, situada nas margens do rio sagrado Yamuna. Agra foi completamente destruída em 1311 pelo invasor Mahmud Ghanzi e reconstruída no século XV por Sikander Lodi, que a tornou sede do seu governo. Foi, ainda, a Capital do Império Indiano durante a Dinastia Moghul, nos séculos XVI e XVII, que dotou a cidade de belos monumentos. Chegada, check-in no hotel, jantar e alojamento. 6º e 7º Dia - Agra / Deli / (Cidade(s) de escala(s)) / Lisboa ou Porto Pequeno-almoço no hotel. Pela manhã, visita ao célebre Tal Mahal. De uma beleza incomparável e considerado uma das maravilhas artísticas do mundo, é o símbolo de amor do imperador mongol Shahjahan pela sua esposa a Imperatriz Mumtaz Mahal. Visita ainda ao impressionante Forte de Agra e almoço cedo em restaurante local. Regresso a Deli e jantar em restaurante local ou hotel perto do aeroporto. Transporte para o terminal internacional do aeroporto. Formalidades de embarque e partida conforme horário e companhia aérea indicados. Refeição e noite a bordo. Chegada a Lisboa ou Porto e fim dos nossos serviços. Hotéis previstos durante o circuito: PERÍODO DE 01.10.2019 a 31.03.2020: Opção Standard (4*/5*): Nova Deli - The Leela Ambience / The Suryaa Jaipur - Ramada / Four Points by Sheraton / Indana Palace Agra - Courtyard by Marriott / Double Tree Hilton / Four Points by Sheraton Opção Standard (5*) : Nova Deli - Le Meridien Jaipur - Hilton Agra - Radisson PERÍODO DE 01.04.2020 a 31.03.2021: Opção Standard (4*/5*): Nova Deli - The Leela Ambience / The Suryaa Jaipur - Golden Tulip / Sarover Premier / Ramada / Lemon Tree / Four Points Sheraton Agra - Radisson / Double Tree Hilton / Ramada Hotéis previstos - Opção Standard (5*) : Nova Deli - Le Meridien / Taj Palace New Delhi Jaipur - Hilton / Crown Plaza Agra - Taj Hotel and Convention Centre / Courtyard Marriot Notas: 1. Em caso de falta de disponibilidade num dos hotéis do circuito, será reservado outro hotel da mesma categoria e área sem suplementos adicionais. 2. Bebidas não incluídas durante as refeições. SOLFÉRIAS - VIAJAR APROXIMA

Opções Disponíveis

  • Circuito Índia Fascinante (5N)

    Circuito

Aeroporto de Origem

Aeroporto de Destino

Opções Disponíveis

Regimes

Data de Partida

Noites

Passageiros

Continuar

Geral

Hotel

Check-in

Check-out

Política de Cancelamento

As políticas de cancelamento e pré-pagamento podem variar de acordo com a opção escolhida. Por favor, verifique as condições para cada quarto / opção.